Joelho gera energia para navegar durante as caminhadas

Transdutor bimorph

O aparelho consiste de um anel externo, que faz um movimento de vaivém ao redor de um eixo central.

O anel externo possui 72 "dentes" que acionam quatro palhetas geradoras de energia, conectadas ao eixo interno.

Quando cada dente toca uma das quatro palhetas centrais, elas vibram como se fossem cordas de um violão. Veja como:

perna

gerador

O protótipo, aqui em testes de bancada, gera 2 mW de potência, mas poderá chegar aos 30 mW. [Imagem: Pozzi et al.]

Cada palheta é um gerador piezoelétrico - um tipo de transdutor conhecido como bimorph - que produzeletricidade enquanto durar sua vibração.

Joelho gerador

Com o movimento repetitivo de flexão dos joelhos, os transdutores bimorph vibram quase continuamente, o que permite gerar uma potência razoável para equipamentos desse tipo.

O protótipo produz cerca de 2 miliwatts (mW) de potência, mas os pesquisadores afirmam que, com algumas melhorias já idealizadas, ele poderá chegar aos 30 mW - a maioria dos nanogeradores tem potências na faixa dos microwatts.

Segundo a equipe, o joelho é um ponto de partida ideal para a geração de eletricidade pelo movimento do corpo humano devido à grande variação de ângulo, à velocidade significativa e à repetição contínua do movimento.

Adaptado de:

Site Inovação Tecnológica - 19/06/2012

Referência:
The pizzicato knee-joint energy harvester: characterization with biomechanical data and the effect of backpack load
Michele Pozzi, Min S H Aung, Meiling Zhu, Richard K Jones, John Y Goulermas
Smart Materials and Structures
Vol.: 21 075023
DOI: 10.1088/0964-1726/21/7/075023

NOTÍCIAS

{{article.title}}{{article.date}}

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200