Vamos praticar o TRIZ?

microrob

Vamos supor uma empresa que faça inserções de componentes em placas de circuito impresso, e para isto, utiliza maquinário sofisticado e grande. É um bom equipamento, que trabalha com relativa rapidez e com poucas falhas. No entanto, este equipamento é caro e necessita de manutenção constante, e seria muito conveniente seu aumento de rapidez e produtividade, além de redução de tamanho....

Pensando em TRIZ, a situação ideal (idealidade) seria aquela na qual cada componente fosse inserido por si mesmo, ao mesmo tempo. Logicamente, isto traria uma boa quantidade de contradições...

A tabela TRIZ (www.triz40.com) permite experimentar várias propostas de solução para as contradições. Por exemplo, entrando com Feature to Improve como shape, e Feature to Preserve como area of moving object, uma das sugestões é montar partes similares para operar paralelamente. Quem sabe dividir a máquina em pequenas partes?

Aí entrando outra vez com Feature to Improve como manufactoring precision, e em feature to preserve outra vez como area of moving object, tem-se uma proposta: comandar estas pequenas partes fazendo-as interagir com campos magnéticos... Aí se tem a utilização de recursos naturais...

Esta foi a solução proposta no “Minuto Inovação” da semana passada, na qual exércitos de micro robôs montam circuitos em velocidade impressionante. Aliás, a inspiração de tal solução pode ter vindo das formigas, já que a natureza é também uma grande inspiradora de criatividade e solucionadora de problemas...

  A Equipe do NEmp

NOTÍCIAS

{{article.title}}{{article.date}}

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200

Escritório em São Paulo - SP - Brasil

WTC Tower, 18º andar - Conjunto 1811/1812

Av. das Nações Unidas, 12.551 - Brooklin Novo - 04578-903

+55 (11) 3043 6015 | inatel.sp@inatel.br