Exposição celebra o centenário do fundador do Inatel, José Nogueira Leite

jose-nogueira-leiteJosé Nogueira Leite, fundador do Inatel

O Instituto Nacional de Telecomunicações surgiu da ideia de um grande empreendedor, José Nogueira Leite, que no dia 2 de março de 2012 completaria cem anos. Para homenagear o centenário de seu fundador, o Inatel, em Santa Rita do Sapucaí, realiza uma exposição sobre a vida e obra de Nogueira Leite.

Organizada pelo Centro de Memória do Inatel, a exposição trará documentos históricos, como o projeto de criação do Inatel, fotos, reportagens da imprensa da época e depoimentos de pessoas que conviveram ou tiveram Nogueira Leite como exemplo.

A família do fundador do Inatel cedeu fotos e também objetos pessoais, como o terno utilizado por ele na inauguração do Instituto, em março de 1965. O material também estará exposto no campus do Inatel. O coordenador do Centro de Memória do Inatel, o bibliotecário Paulo Almeida, conta que os profissionais responsáveis pelo levantamento histórico do Instituto conversaram com muitas pessoas que conviveram com José Nogueira Leite. "A história do fundador é rica, conseguimos muito material e a pesquisa continuará sempre."

Para o diretor do Inatel, professor Marcelo de Oliveira Marques, a exposição permitirá a toda a comunidade acadêmica do Inatel e a população de Santa Rita do Sapucaí conhecerem um pouco mais da vida do professor José Nogueira Leite, bem como as suas experiências profissionais que culminaram no projeto de criação do Inatel.

O professor Marcelo ressalta que já em 1965, José Nogueira Leite reunia no projeto três características muito presentes na instituição de agora. "Uma postura empreendedora, ao criar um curso de nível superior que atenderia às necessidades específicas do país; uma visão inovadora, ao propor um curso pioneiro (Engenharia de Telecomunicações), e o espírito comunitário, ao buscar na sociedade organizada de Santa Rita do Sapucaí o apoio ao desenvolvimento do projeto. Estas três características talvez sejam o maior legado do professor José Nogueira Leite à nossa instituição e à nossa cidade", afirma Marcelo.

A exposição será aberta no dia 2 de março, às 10h, e ficará aberta ao público até 30 de abril de 2012. O horário para visitação é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

 

selo-centenario

José Nogueira Leite

José Nogueira Leite nasceu em Itajubá no dia 2 de março de 1912. Estudou no Instituto Eletrotécnico de Itajubá, hoje Unifei, onde também foi professor, trabalhou como engenheiro chefe da Radiobras, colaborou com a fundação da Escola Técnica de Eletrônica (ETE), participou dos estudos do Plano Postal Telegráfico, período em que surgiu a ideia de criar uma escola para formar profissionais especializados em Telecomunicações.

Faleceu aos 54 anos, apenas um ano e meio após a concretização do seu sonho, a abertura do Inatel. No currículo, constam experiências importantes e pioneiras, como a construção dos primeiros receptores diversity em uso no Brasil, as primeiras antenas fishbone do país, equipamentos de sigilo, transmissor de S.S.B., e, por fim, a primeira escola superior de telecomunicações do Brasil.

No projeto de criação do Inatel, José Nogueira Leite apontava dois grandes objetivos que marcam a história do Instituto; a formação de profissionais para atender a demanda de mercado e a pesquisa na área de telecomunicações. Para isso já previa investimentos em laboratórios, na área social e cultural, preceitos até hoje cumpridos pela instituição. "Chama a atenção que há mais de 40 anos o senhor Nogueira Leite já tinha uma visão futurista, prevendo três tipos de cursos a serem oferecidos pelo Inatel, tecnólogos, engenheiros e pós-graduados", ressalta o coordenador do Centro de Memória, Paulo Almeida.

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200