Startup Z atrai adolescentes empreendedores de Santa Rita do Sapucaí

Primeira maratona de empreendedorismo do país voltada para estudantes do ensino fundamental aconteceu no Inatel

inatel-starupZ-ago-2015 14Dezesseis horas intensas de aprendizado, despertando e desenvolvendo a cultura empreendedora em adolescentes de 11 a 15 anos. Foi isso que os 80 estudantes da Escola Municipal Dr. José Ribeiro de Carvalho e do Colégio Tecnológico Delfim Moreira encontraram nos dias 14 e 15 de agosto, no Startup Z, a primeira maratona de empreendedorismo do país voltada para estudantes do ensino fundamental criada em Santa Rita do Sapucaí, em uma ação conjunta Inatel e Sebrae.

Os estudantes, que foram selecionados dentre os 300 inscritos, apresentaram 25 ideias, das quais 11 foram selecionadas e desenvolvidas em grupos de 7 a 8 alunos cada. "Nosso objetivo foi realizar uma conexão do mundo das crianças da escola pública com as do colégio privado, fazendo com que eles apresentassem problemas do dia a dia, aplicassem soluções e tentassem tornar um produto viável", explicou o coordenador da maratona e engenheiro do Inatel, João Rubens Costa Fonseca.

11037185 10203582006665258 4525505520725906068 nAs atividades do Startup Z iniciaram com dinâmicas e palestras fazendo os adolescentes compreenderem o que é o empreendedorismo, podendo colocar algumas técnicas prática. Os estudantes contaram com a ajuda de 11 mentores de negócios responsáveis por auxiliar no desenvolvimento das ideias e 9 mentores técnicos responsáveis por ajudar no desenvolvimento técnico e designer. "Conduzir essas crianças de diferentes idades e diferentes realidades sociais e culturais foi desafiador. Tenho certeza que esse foi o primeiro passo de uma grande mudança na vida desses jovens empreendedores. Porque eles querem um mundo melhor não só para eles, mas para todos. Ainda estou emocionada e ansiosa com os próximos passos que daremos", afirmou a mentora Elis Anne Coutinho.

A professora de Matemática do Ensino Fundamental 2, do Colégio Tecnológico Delfim Moreira, Silvia Raquel Aparecida de Moraes Papale, que acompanhou os alunos nos dois dias de Startup Z descreveu a participação deles como uma experiência incrivelmente linda e única. "Me emocionei vendo o desempenho bacana que os alunos tiveram. Acredito que eles saíram de lá com outra visão de mundo, e o mais importante: cheios de esperança, sonhos e vontade realiza-los", disse.

stpz-1030x582"Foi muito bom para nós da escola ver como os alunos ficaram encantados e empolgados com o Startup Z. Quando retornaram à escola muitos deles vieram nos falar sobre como foi importante participar e que querem dar andamento nos projetos que foram iniciados. Nós achamos importante dar esse apoio até mesmo para incentivá-los a não desistir desses sonhos.", afirmou a Diretora da Escola Municipal Dr. José Ribeiro de Carvalho, Tissiane Ribeiro Batista dos Reis que também acompanhou seus alunos.

Entre as atividades que aconteceram no sábado, 15, o jovem Davi Braga, de 14 anos, juntamente com seu pai João Kepler, que criaram a startup List-it , um app de compra de material escolar, ministraram uma palestra contando suas experiências com o empreendedorismo e como lidam com o trabalho, mesmo Davi Braga sendo tão jovem. A palestra atraiu além dos participantes, pessoas da comunidade.

stsz003-1030x579Após a palestra, as equipes apresentaram aos jurados os trabalhos desenvolvidos. A ideia campeã foi da Startup "Unidos pelo bem" que buscou um elo entre o doador, a entidade de assistência social e a pessoa carente. A ideia principal foi a criação de um selo nomeado "Unidos pelo Bem" no qual empresas parceiras adquirem-no fazendo com que uma porcentagem dos produtos vendidos seja revertida em doação de alimentos para pessoas carentes ou entidades. Para o aluno Carlos Eduardo Amaro Carneiro, do 9° Ano do Colégio Tecnológico Delfim Moreira, um dos integrantes da equipe vencedora, a participação nesse projeto foi devido ao incentivo de sua mãe. "Foi incrível. No começo eu nem queria ir, mas minha mãe falou que iria valer a pena e acabei indo. Realmente valeu cada minuto que passei lá dentro, só de participar foi demais e ainda ter ganhado, até agora não acredito que o meu projeto ficou em primeiro", descreveu animado sua participação no Startup Z.

O segundo lugar da competição ficou com a startup "Computador Simples" e o terceiro lugar foi para a Startup "Infocus". As duas equipes receberam como prêmio uma viagem no dia 24 de setembro para São Paulo, onde conhecerão a sede do Facebook no Brasil. Já a terceira colocada, receberá um curso de Robótica do Inatel. Além dessas premiações, a startup "Tapete especial" ganhou menção honrosa dos organizadores.

inatel-starupZ-ago-2015 69Para o Diretor do Inatel, professor Marcelo de Oliveira Marques, a realização de um evento como esse no Instituto juntamente com o Sebrae Minas fortalece a parceria entre as instituições. "A idealização e a realização do Startup Z foi uma excelente oportunidade para unirmos duas instituições, Inatel e Sebrae, em prol da educação de adolescentes e jovens para uma formação empreendedora e voltada para a inovação. Estamos conscientes de que foi um primeiro passo em direção a um programa maior que poderá levar para todo o Brasil o despertar de uma geração, que serão os nossos futuros líderes, para a consciência do papel fundamental de cada indivíduo na geração de riquezas e no consequente desenvolvimento econômico e social do nosso país", ressaltou o diretor.

Rodrigo Ribeiro Pereira, analista técnico do Sebrae Minas , também compartilha dessa ideia. "A parceria Inatel/SEBRAE é sempre muito boa, pois, as duas instituições seguem a mesma linha de incentivar o desenvolvimento e o empreendedorismo o que faz com que as estratégias estejam sempre alinhadas. O Startup Z superou em mais de 100% nossas expectativas. Nossa preocupação agora é dar continuidade a essa parceria, levando o Startup Z a outras cidades e até mesmo em outros estados. Já recebemos ligações de Juiz de Fora, Fortaleza e do Pará querendo conhecer um pouco mais sobre o evento. Outra preocupação que temos é dar o suporte aos alunos que participaram dessa primeira edição em continuar desenvolvendo em suas escolas o que receberam de conhecimentos e incentivos aqui", disse.

inatel-starupZ-ago-2015 100Apesar das exaustivas horas de trabalho, o consenso geral de todos é que os adolescentes participantes saíram do Startup Z com uma visão diferente de mundo. "Muita gente acredita que a criança de 11 a 15 anos ainda não tem a capacidade de ser inserida na mudança e com o Startup Z descobrimos que essas crianças têm que ser ensinadas, e que elas já têm capacidade de criar e contribuir para que o mundo seja melhor. Incentivá-las a ter responsabilidades, compromissos. Além de ensinar, mostrar a capacidade que elas tem de realizar coisas", finalizou João Rubens.

O Startup Z fez parte do movimento Cidade Criativa, Cidade Feliz e contou com o apoio da Prefeitura Municipal, Secretaria de Educação e Tecnologia, funcionários, alunos e ex-alunos do Inatel, professores capacitados pelo Projeto SEBRAE Educação Empreendedora, e empresários locais.

Could not load widget with the id 67.

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200