Alunos do Inatel seguem para o Mundial de Robótica no Japão no próximo dia 9

Inatel Competição Robótica Japão novembro2019 2

No próximo dia 9 de dezembro a equipe de robótica do Inatel embarca para o Japão para participar do Mundial de Robótica. A competição que acontece entre os dias 13 a 15 deste mês reúne 31 países e conta pela primeira vez com a representatividade brasileira do Inatel. A equipe Robotbulls, time de robótica da instituição, compete na categoria sumô 3kg e na mini sumô (0,5 kg).

Os alunos do Inatel, Matheus Lemos de Aguiar de 19 anos e José Vitor Santos Resende de 23 anos serão acompanhados pelo Professor e assistente da equipe na competição, Wanderson Saldanha. “A Robotbulls vem evoluindo nas competições e conquistando seu espaço desde 2013 e sempre melhorando seus resultados nas competições que vem participando. Até o momento são 22 troféus conquistados e esperamos voltar do Japão com as vitórias e quatro troféus”, comentou Saldanha.

A equipe conquistou a vaga na competição devido ao resultado alcançado durante o Winter Challenger, realizado na cidade de Concórdia-SC. Na competição catarinense a equipe Robotbulls foi campeã na categoria sumô 3kg (Auto), vice-campeã na sumô 3kg RC e Futebol 2D (virtual) e foi terceiro lugar na categoria futebol VSS (futebol real) e Mini Sumô.

Os alunos do Inatel que irão para o Mundial comentaram sobre a expectativa de competir e como está a preparação para a competição. “Lá no início, quando começamos na categoria ainda estávamos com algumas dúvidas em relação de como funcionava as competições e existia um receio de errar, porém o foco sempre foi de conseguir se classificar e de ir além das competições realizadas no Brasil. Sempre existiu a preocupação de saber como as competições funcionavam e como faríamos para participar. Assistimos diversas lutas pela internet das competições e vimos o que poderíamos melhorar e planejar para as competições”, disse o aluno José Vitor.

Antes de entrar de fato para as competições, os robôs passam por um processo de estudo, montagem e de programação. “Nesta categoria (sumô 3Kg) somos novos e na 4ª competição já conseguimos uma vitória nacional e a classificação mundial. O crescimento da equipe nas competições foi muito grande em muito pouco tempo. Os japoneses são os nossos principais adversários, temos acompanhado vídeos na internet sobre eles e percebemos que realmente eles estão bem preparados. Estamos confiantes, mesmo a tecnologia deles parecendo ser melhor, já que eles possuem acesso a tecnologias de ponta com mais facilidade”, completou.

Inatel Competição Robótica Japão novembro2019 11

O assistente da equipe, Profº Saldanha, comentou que mesmo os japoneses tendo um melhor acesso a estes equipamentos as chances da equipe do Inatel não são minimizadas. “Temos outras equipes que são mais desafiadoras, porém temos chance de fazer bonito e estamos confiantes com um resultado positivo. Nossa equipe cresceu muito e está preparada para este desafio”, disse Saldanha.

“Há um ano e meio a Robotbulls está se preparando para chegar na competição mundial. As competições e eventos que participamos neste tempo serviram para nos deixar mais preparados. Fomos campeões no Brasil nesta categoria que estamos a menos de 3 anos e agora já conquistamos a ida até o mundial”, enfatizou o competidor Matheus. “A equipe inteira vem trabalhando e todos possuem este mérito. No início nós que procurávamos as outras equipes para ver o que elas faziam e para aprender mais sobre os robôs delas, porém hoje é ao contrário, já somos referência e as equipes adversárias que nos procuram, mostrando o reconhecimento que nós temos”, completou Matheus.

Saldanha atribui os resultados positivos devido a persistência e a união de toda a equipe Robotbulls em todas as etapas, mesmo nas horas mais difíceis. “As vezes pode se estudar mais de um ano para uma competição e por infelicidade acontecer algo ruim de uma peça importante quebrar ou queimar e a questão desta equipe unida é fundamental nessas horas e é o que acontece na Robotbulls. No inicio de tudo não tínhamos chances nem de querer buscar um pódio, mas essa determinação em buscar o caminho certo e o trabalho em equipe e de acreditar que é possível chegar no topo, fez com que a equipe chegasse onde chegou. Hoje pouquíssimas faculdades particulares conseguem chegar onde chegamos, aqui no Brasil quando estamos nas competições todo mundo nos conhece e nos respeita muito por tudo que já conquistamos”, completou Saldanha.

Inatel Competição Robótica Japão novembro2019 26

Vivência internacional
Os estudantes que nunca saíram do país dizem que a experiência dessa competição será muito valiosa para o currículo. “Chegar em um lugar que não conhecemos, uma outra cultura, outra língua é desafiador, mas ao mesmo tempo é gratificante já que isso também acontece no mercado de trabalho. Tenho certeza que essa ida ao Japão será de muita valia para o nosso futuro profissional”, comentou José Vitor.

Sobre os competidores

Matheus Lemos de Aguiar
Matheus é aluno de Engenharia de Controle e Automação, é formado como técnico em eletrônica pela Escola Técnica de Eletrônica “Francisco Moreira da Costa” (ETE “FMC” – 2017), com ênfase em Automação Industrial. Medalhista de ouro na OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas) em 2012 e 2014 e de prata em 2013. Participou da feira de projetos tecnológicos da ETE “FMC", a PROJETE (2015–2017). Na PROJETE 2016, com o projeto “Aparelho auxiliador de aprendizagem braille”, foi premiado com o 2º lugar do 2º ano concomitante, melhor documentação técnica, Prêmio CEDEN – ETE “FMC” e Prêmio CREA Minas Júnior. Na 1ª Maratona de Programação do INATEL (2018), ficou em 5º lugar geral e em 1º lugar do 1º Período com a equipe “Foco”.

José Vitor Santos Resende
José Vitor também é aluno de Engenharia de Controle de Automação. É formado como Técnico em Eletrônica com ênfase em Automação Industrial pela ETE-FMC(2013). Participou da Fetin - Feira Tecnológica do Inatel, em 2017 e 2016, recebendo o prêmio de 1 º lugar em 2017 com o projeto “SAC” – Sistema Automatizado de Compras. Participou da PROJETE 2011, 2012 e 2013, recebendo o prêmio de 2º lugar com o projeto Pegadas – Aparelho para ajudar deficientes de mal de Parkinson a andar em 2012.

Robotbulls
A Robotbulls – equipe de robótica do Inatel – foi criada em 2013 e hoje conta com 33 participantes. Entre os seus anos de existência, foi campeã latino-americana na categoria Futebol VSS, Very Small Size Soccer, além de vice-campeã no Futebol 2D da Larc, segundo lugar na categoria Mini Sumô e o terceiro lugar no Seguidor de Linha, do Winter Challenge.

Inatel Competição Robótica Japão novembro2019 57

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200