Professores e alunos do Inatel: cada um na sua casa, mas conectados!

A pandemia pela COVID-19 exigiu de toda a sociedade muitas mudanças nas atividades pessoais e profissionais. Em Minas Gerais, as aulas nas escolas particulares estão suspensas desde o dia 18 de março por uma determinação da Justiça. Desde então, o Inatel se preparou para que, mesmo separados fisicamente, alunos e professores continuassem o ensino das disciplinas dos cursos, com as adaptações necessárias para a segurança e saúde de todos nesse momento.
inatel aulasonline abril 2020As aulas estão sendo ministradas com ferramentas on-line, através da Plataforma Microsoft Teams e apoiadas pelos materiais didáticos disponibilizados no portal do aluno. A mudança exigiu adaptações de todos os 80 professores da graduação e também dos alunos. O professor Renan Sthel Duque conta que trabalhou com a motivação de não parar de ensinar na busca por soluções para oferecer aulas de dentro de casa. “Houve muita interação com os professores e nessa troca de ideias, aos poucos, as soluções foram surgindo. Adaptei minha cozinha para esta tarefa, montei um mini-estúdio, no intuito de direcionar as aulas de forma mais clara possível, com explicações didáticas e solução passo a passo de exercícios, como se estivesse utilizando um quadro. Algumas vezes tive a barreira da tecnologia, que em alguns momentos não cooperou, mas no fim das contas, tudo está dando certo! Vamos, com certeza, sair desta experiência mais aprimorados, mais fortes e amadurecidos”.

O vice-diretor do Inatel e Pró-Diretor de Graduação, professor Guilherme Marcondes, explica que apesar da rápida mudança, houve uma grande e fundamental colaboração de toda a comunidade acadêmica: equipes de apoio, professores e estudantes. “Esta colaboração é muito importante para que possamos manter as atividades do semestre em andamento.”

O professor Edson Gimenez afirma que a participação dos alunos está muito efetiva nas aulas remotas. “Durante as aulas, os alunos têm participado ativamente, acompanhando as explicações, perguntando e esclarecendo dúvidas, seja com uso do chat, seja com uso do áudio, além do e-mail fora dos horários das aulas, para atendimento. Creio que está sendo uma experiência nova, para todos, mas conforme temos conversado, apesar do problema grave, é uma oportunidade para estarmos aumentando nossa bagagem de conhecimento”.

O estudante do oitavo período de Engenharia da Computação, João Paulo Martins de Oliveira, está acompanhando as aulas na casa dos pais, em Pouso Alegre. Ele afirma que a rotina agora exige bem mais disciplina do que aulas presenciais. “Pelo simples fato de estar em casa e não precisar nem levantar da cama para assistir a aula. Mas devemos entender que não é período de férias, de descanso. O Inatel e os professores estão sabendo lidar com esse tempo difícil que estamos vivendo”, afirma.
João Paulo completa, “os alunos estão com muita saudade de aproveitar cada espaço e estrutura que o Inatel nos oferece. Bons tempos estão por vir”.

Conhecimento compartilhado
Além das aulas da graduação, o Inatel preparou uma série de atividades para pessoas que gostam de tecnologia. Essa semana assuntos como 5G, Internet das Coisas e Ciência de Dados integram um Seminário on-line e gratuito realizado por especialistas do Inatel. Além disso, um hands-on de como fazer um chat bot reuniu mais de 30 pessoas on-line. Outras ações estão por vir e os interessados devem ficar atentos às nossas redes sociais.

As informações do Inatel referentes às ações durante o período de isolamento social estão no site http://www.inatel.br/coronavirus.

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200