Educação Maker transforma ideias em produtos reais

Cursos Inatel Maker e atividades no FabLab capacitam estudantes para colocarem em prática ideias empreendedoras

lab ideacao fab lab inatel 2 

Em 1998 nasce no MIT (Massachusetts Institute of Technology) a aula sobre "Como fazer (quase) qualquer coisa" com o objetivo de apresentar maquinários industriais aos estudantes, a iniciativa do renomado Professor Neil Gershenfeld deu origem aos FabLabs, que se espalharam pelo mundo, com a ideia de que é preciso ensinar e é mais fácil aprender na prática e o resultado são salas lotadas até os dias de hoje.

lab ideacao fab lab inatel aOs FabLabs são instalações para produção personalizada de objetos por meio da fabricação digital (processos de fabricação controlados por computador). E mesmo antes que a Cultura Maker fosse chamada assim, o Inatel já empreendia com a Fetin, investia em um dos primeiros FabLabs universitários do país, onde os estudantes têm contato com maquinário industrial para criar protótipos e experiências alinhadas com o mercado e neste ambiente são oferecidos os Cursos do Inatel Maker.

De acordo com Raphael Cardoso, responsável pelo FabLab do Instituto, cursos de extensão como o Inatel Maker, em um ambiente de fabricação digital dão oportunidades aos estudantes de adquirirem novas competências e habilidades profissionais essenciais. “O mercado está sempre um passo à frente da academia e o Inatel Maker acelera o contato dos alunos com essas novidades”.

O Inatel Maker trabalha com a ideia do hands on ou mão na massa, com metodologias ágeis e centradas nos usuários. “No cenário atual, um engenheiro que não tem autonomia para fazer um projeto com impressão 3D, por exemplo, terá dificuldades para viabilizar ideias ao desenvolver produtos ou novos negócios” comenta Raphael sobre as técnicas aprendidas nos Cursos Inatel Maker.

Inatel Máscaras FabLab 25Mar20 5Durante esta Pandemia do Covid-19, ficou evidente a importância da atuação de Engenheiros com competências maker, são inúmeras as iniciativas como a impressão 3D de peças para reposição de ventiladores pulmonares, desenvolvimento de um ventilador pulmonar de baixo custo em tempo recorde, criação de esterilizadores, todos esses equipamentos fabricados com a estrutura maker do Instituto. 

Os oito cursos do programa oferecem um repertório de fabricação digital complementar para o aluno, além de ser aberto a toda comunidade e empresas da região. O Inatel Maker conta com uma política de descontos, sendo que dois cursos são gratuitos e à distância, para experimentação da metodologia e do conteúdo.

O FabLab e as atividades práticas comprovam a cultura mão na massa do Inatel, que teve a carga horária maker ampliada para todos os cursos de engenharia. Maker, em inglês, significa “fazer”. Este movimento está acontecendo desde a educação infantil em todo o mundo e faz dos alunos os protagonistas do seu aprendizado. A necessidade de solucionar um problema é o ponto de partida para iniciar a pesquisa e a construção de soluções criativas e inovadoras.

“A cultura mão na massa canaliza as habilidades e atitudes do empreendedor, além de ser uma ótima forma de estimular o empreendedorismo e várias das empresas que existem no Vale da Eletrônica, por exemplo, nasceram de atividades maker de dentro do Inatel” enfatiza o responsável pelo programa Inatel Maker.

A temporada de 2020 está temporariamente adiada, devido às medidas de isolamento social tomadas para conter a Pandemia de Covid-19. Mas você pode conhecer mais sobre os cursos e atividades do Inatel Maker e fazer uma degustação com os cursos on-line, no site: https://inatel.br/maker/

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200