Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Para ver o formulário de contatos você aceita nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Mais de 140 alunos participam da 7ª edição do projeto Programação 1.0

inatel fetin sexta promove engenharia setembro 2022 83O Inatel realizou a 7ª edição do Programação 1.0, competição intercolegial de programação baseada na linguagem Python, com a participação de 144 alunos do Ensino Médio de dez colégios diferentes. 

O projeto é dividido em três etapas. Na primeira, os competidores passaram por um treinamento onde aprenderam os conceitos básicos de programação. Na segunda fase, aconteceu uma competição classificatória para escolher os alunos com melhor desempenho de cada colégio para representarem as instituições de ensino na competição final.

A terceira etapa aconteceu em 22 e 23 de setembro durante a Feira Tecnológica do Inatel, no campus da instituição, em Santa Rita do Sapucaí, e contou com 38 finalistas que enfrentaram uma maratona de programação com diversos desafios pré-selecionados pela equipe organizadora.

Segundo Marcelo Gonçalves da Silva, tutor do projeto, o programa é de grande importância para o desenvolvimento dos estudantes. "Os alunos que participam desenvolvem seu raciocínio lógico, a capacidade de resolver problemas, estímulo à criatividade e trabalho em equipe. O projeto oferece um diferencial na formação para o mercado de trabalho", diz.

Equipes vencedoras

inatel fetin sexta promove engenharia setembro 2022 208O Colégio Batista Mineiro, de Belo Horizonte (MG), foi o vencedor da competição e também conquistou o 3º lugar. A coordenadora pedagógica, Flávia Juliana da Silva, conta que foi gratificante ver os estudantes da escola empenhados e dedicados a aprender programação.

"Percebemos o quanto eles ficaram encantados com a estrutura e a possibilidade de uma educação com grande qualidade em tecnologia como Inatel, com estudantes e profissionais cordiais que interagiram conosco, trocando ideias sobre o Inatel, os cursos de graduação e o torneio", afirma.

Ela também destaca como a participação dos alunos na competição foi importante. "Tudo isso foi positivo para que eles vencessem os desafios emocionais do nervosismo e do medo da final e, merecidamente, alcançassem o 1º e o 3º lugar. O projeto Programação 1.0 é uma fonte de aprendizagens diversas que traz muitos benefícios ao desenvolvimento integral dos nossos estudantes", destaca.

1º - Angelo Resende da Silva - Colégio Batista Mineiro (BH)
2º - Artur Loreto Sampaio Mamede - Colégio Dante Alighieri (SP)
3º - Pedro Ricoy de Oliveira e Silva - Colégio Batista Mineiro (BH)

Experiência

Anthony Victor participou do programa em 2018, quando estudava no Externato Nossa Senhora de Lourdes (CEDEC), na cidade de Campanha (MG). Ele conseguiu chegar até a etapa final, e conta que a experiência foi incrível.

"Participar do Programação 1.0 foi uma experiência única. Além de todo o conhecimento acerca da programação, o projeto trouxe para mim uma visão de amplas possibilidades no mercado da engenharia e tecnologia. A experiência de participar da maratona de programação é única e desafiadora, e foi uma das melhores experiências extracurriculares no meu período escolar", conta.

Ele diz que a participação na maratona foi fundamental para escolher cursar Engenharia de Controle e Automação no Inatel, onde ingressou em 2021. Hoje, ele atua como estagiário no Núcleo de Relacionamento com Colégios e foi, inclusive, monitor do Programação 1.0 no ano passado.

"O Programação 1.0, com certeza, teve grande importância na escolha da minha carreira, principalmente pela visita ao Inatel, onde pude conhecer os laboratórios e as vastas possibilidades que existem aqui, fazendo com que eu enxergasse as minhas possibilidades de uma forma mais ampla. Com isso, acabei me identificando com o ramo da automação", afirma.

 

O projeto

Desde 2016, mais de 1,2 mil alunos participaram do projeto, que não exige conhecimento prévio sobre o assunto, uma vez que o treinamento é orientado, inclusive, para iniciantes, contemplando os princípios básicos da programação. Para as escolas que tiverem interesse em conhecer mais sobre o projeto, basta acessar o site do Programação 1.0.

Inatel

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200