Spin-off incubada no Inatel desenvolve tecnologias para o monitoramento no abastecimento de água e energia

Até novembro novas startups também ingressaram nos programas de pré-incubação e de ideação da incubadora de empresas do Inatel

laarger focoDurante o decorrer de 2018 a incubadora de empresas do Inatel selecionou novas startups para o programa de incubação e de projetos. As empresas selecionadas por meio do processo de seleção do edital deste ano, estão atuando e se aprimoram diariamente por meio dos processos de incubação, de pré-incubação ou do processo de ideação realizado pelo Núcleo de Empreendedorismo da instituição. Uma delas, que já está no processo de incubação é a Laager Inovação, que desenvolve tecnologias de monitoramento e gestão que simplificam e otimizam o abastecimento de água e energia em cidades inteligentes, utilizando um único produto com uma plataforma inteligente para diversas aplicações e necessidades.

A Laarger Inovação nasceu como uma “Spin-off” de duas empresas parceiras e que atuam no mercado de geração de energia e automação de redes de abastecimento de água. Com quase 10 anos de atividades no setor dessas duas empresas, o projeto nasceu numa convergência de necessidades de desenvolvimento de tecnologias avançadas e atualizadas para infraestruturas de abastecimento onde a demanda cresceu significativamente nos últimos anos sem que os fabricantes tradicionais pudessem se atualizar nessa evolução tecnológica utilizando recursos de IOT, Inteligência Artificial e softwares mais amigáveis para gestão.

Em tempos de estiagens, o aumento de consumo e perdas significativas com fraudes e vazamentos de água e energia geram grandes problemas de abastecimento para cidades do Brasil e no mundo. "A empresa preza pela eficiência energética e hídrica, para isso trabalhamos com um sistema completo onde podemos coletar dados do medidor de água, de gás, energia e até de iluminação pública. Essas informações seguem em tempo real para um controlador de dados e para isso utilizamos tecnologias que facilitam esta comunicação, entre o medidor ou sensor até chegar na nossa central de monitoramento. Com a transmissão de dados via as redes de internet, por exemplo, conseguimos monitorar esses dados e o cliente também pode acompanhar e monitorar as medições através de aplicativos ou pela internet, qualquer diferença anormal no consumo do cliente ele é avisado desta anomalia e ele consegue saber qual é o problema, se é um furto, vazamento, ou qualquer outro problema na rede que chega até ele. Hoje também atuamos na  individualização de água, gás e energia, para condominios residenciais e comerciais, o que também é um ganho para o cliente final que paga apenas o que consome", comentou o Gestor Geral da empresa na incubadora, Antônio Cláudio de Oliveira. 

A empresa em São Paulo, conta com uma importante parceria em andamento com uma companhia de saneamento no estado. "Apenas na Região Metropolitana da capital paulista já são mais de 50 mil pontos sendo monitorados e um outro exemplo é aqui no Inatel no projeto Smart Campus. A Laager Inovação nasceu aqui em Santa Rita do Sapucaí e concentra todo o desenvolvimento tecnológio da empresa. Toda a parte de desenvolvimento e tendência tecnológica já estão em desenvolvimento ou sendo aprimoradas aqui na incubadora pela nossa equipe. Esperamos poder lançar novos produtos a partir dos trabalhos realizados aqui na incubadora e com isso alavancar os negócios da empresa. Estar no Inatel está sendo importante para o desenvolvimento da spin off, recentemente participamos da Futurecom e alguns novos negócios poderão surgir a partir da participação na feira que estão ligados a medição em outros tipos de área, além das que atuamos", explicou Antônio. Fazem parte da estrtutura de sócios da Laarger Inovação os empreendedores Marcos Sousa, Felipe Duque Estrada e Renê Rezende. 

Para o Coordenador do Núcleo de Empreendedorismo-NEmp do Inatel Rogério Abranches, ter uma empresa incubada como a Laager é de suma importância para a instituição devido a sua área de atuação. "A empresa visa a sustentabilidade com a eficiência hídrica e energética. A tecnologia de precisão aplicada por ela aumenta a transparência no consumo de água e energia, por exemplo. São assuntos importantes e que impactam nossas vidas de alguma maneira", comentou.   

laarger logo

Pré-incubação e ideação de negócios
Na pré-incubação, a startup Me vende aí, propõe uma plataforma de e-commerce que possui como foco ofertas de compra de produtos ou serviços. Ao anunciar a sua necessidade, o comprador não precisa buscar o que está sendo oferecido no mercado. São os vendedores que farão os esforços para oferecer a melhor oferta (leilão reverso) aos compradores, possibilitando menores preços e melhor conveniência para quem realmente impulsiona as vendas: as demandas dos compradores.

Outra novidade é a Soil, startup da área do agronegócio, formada por alunos do Inatel, que já atua no programa de ideação da Incubadora. A Soil desenvolve um sistema responsável pela tomada de decisões sobre quando a irrigação deve acontecer, com um dispositivo móvel, onde o usuário contará com controle de todas as funções que um pivô pode desempenhar, além de agendamento das irrigações e acesso à condições meteorológicas, o que também contribui para a economia de água aplicada. A startup também participa do programa Crowd Vale da Eletrônica.

Durante o último processo de seleção de novas empresas e startups de 2018 para o programa da incubadora de empresas, realizado no final do mês de outubro, mais nove startups entraram para o programa de ideação do Inatel. São elas, Motus, Tree Movie, Cultbot, CêPlanta, Pneus Brasil, Hemolin, GPS Telecom, Favic e Recycle.

Edital 2019
Os interessados em ter suas ideias e projetos na incubadora do Inatel já podem fazer a inscrição para o processo seletivo de 2019. As inscrições estão abertas para as novas empresas e startups. As inscrições desta primeira etapa se encerram no dia 6 de janeiro. A inscrição é feita diretamente pelo site do Inatel (aqui). Outras informações pelo telefone (35) 3471-9257 ou pelo email: edital.incubadora@inatel.br. "Vale lembrar que nossa incubadora de empresas também está disposta a receber inscrições das spin offs, para nós elas também são muito importantes, já que agregam valores a partir do desenvolvimento de novas tecnologias e também para o desenvolvimento de novas parcerias com a instituição", concluiu o Coordenador do NEmp.

@ Entre em contato

Inatel - Instituto Nacional de Telecomunicações

Av. João de Camargo, 510, Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

+55 (35) 3471.9200 | inatel@inatel.br

Escritório Inatel SP

WTC Tower, 18º Andar - Conjunto 1811/1812

Av. das Nações Unidas, 12551 - Brooklin Novo - São Paulo - SP

+55 (11) 3043.6015 | inatel.sp@inatel.br