Inatel sedia primeiro Centro de Cooperação em TI da Coreia no Brasil

inatel coreiaIntercâmbio de informações e pesquisas em conjunto para o desenvolvimento tecnológico, em especial a quinta geração de comunicação móvel - 5G e Internet das Coisas. Esses são objetivos do Centro de Cooperação em Tecnologia da Informação Brasil-Coreia, inaugurado nesta quarta-feira, dia 15 de março, no Inatel, em Santa Rita do Sapucaí, sul de Minas Gerais. O trabalho em conjunto será realizado por três anos, entre pesquisadores do Inatel e da Agência Nacional da Sociedade de Informação da República da Coreia – NIA, a principal instituição de pesquisa estatal sul-coreana em infraestrutura de TICs. O Centro tem apoio do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação (MCTIC) e financiamento do governo coreano, com investimento previsto de US$ 1 milhão nos três anos do projeto.

Na cerimônia de inauguração, o diretor do Inatel, professor Marcelo Marques, afirmou que o Instituto não poupará esforços para que essa parceria possibilite a geração de novas frentes de desenvolvimento para as instituições e empresas coreanas e brasileiras. “E que esse avanço tecnológico atinja diretamente também o desenvolvimento econômico e social das duas nações”.

E exatamente isso o que deve ocorrer, pois o projeto pretende aproximar as empresas coreanas do mercado brasileiro de TI e, consequentemente, abrir oportunidades locais, como afirma o coordenador de Inovação Tecnológica do Centro de Referência em Radiocomunicações do Inatel, Guilherme Marcondes, responsável pelos trabalhos do Centro Brasil-Coreia. “Um laboratório do Inatel vai receber as iniciativas de IoT dessa parceria. Além disso, o projeto prevê também extrapolar para a cidade experimentos de IoT para que Santa Rita se torne uma vitrine real e viva daquilo que de fato pode ser feito com Internet das Coisas”.

A cerimônia de inauguração do Centro teve a presença do Embaixador da Coreia do Sul no Brasil, Jeong-Gwan Lee, que destacou o início dos trabalhos da parceria prevista na Carta de Intenções assinada entre o governo brasileiro e coreano em 2015. “O Centro fortalece ainda mais a parceria entre Brasil e Coreia e será muito significativo para os dois países”.

O diretor da equipe global de parceiros do Ministério da Ciência, das Tecnologias da Informação e Comunicação e Planeamento Futuro da República da Coreia, Hang-Jae Lee, citou que o governo coreano tem parcerias para o desenvolvimento tecnológico com diversos países, com reflexos também econômicos e políticos. Segundo ele, o governo coreano viu que as empresas privadas e menores têm dificuldade em terem uma cooperação específica com outros países e, por isso, a parceria é para ajudar a promover essa união.

Pelo governo brasileiro, participou da cerimônia de inauguração o chefe da Assessoria Especial de Assuntos Internacionais do MCTIC, Luís Felipe Fortuna, representando o Ministro Gilberto Kassab. “Oferecemos à Coreia do Sul um mercado que necessita de avanços tecnológicos. Ao mesmo tempo, formamos uma geração de cientistas e pesquisadores aptos a ingressar nesse novo mundo e informar nossos parceiros internacionais as nossas necessidades, as nossas carências e sobretudo os nossos avanços nessa área”, disse Fortuna.

Também estavam presentes o secretário substituto de Políticas de Informática do MCTIC, José Gontijo e o coordenador geral para Inovação Digital do MCTIC, Eder Eustaquio Alves, que fez uma apresentação sobre as ações do Ministério na área de 5G e IoT, com destaque para as pesquisas do Centro de Referência em Radiocomunicações do Inatel.

Confira a galeria de fotos da inauguração do Centro de Cooperação em Tecnologia da Informação Brasil-Coreia no Flickr.

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200