Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Para ver o formulário de contatos você aceita nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Startup incubada no Inatel lança primeiro parque Multi Sensorial 6D do Brasil

NeurobrinqA startup Neurobrinq, empresa instalada na incubadora de empresas do Inatel inaugurou neste mês de novembro, em Fortaleza- CE, o primeiro parque Multi Sensorial 6D do Brasil. Este novo espaço foi inaugurado na Clínica Neuropsicocentro. Para a startup esta conquista é um dos primeiros passos para o crescimento e desenvolvimento da proposta que visa fornecer uma ferramenta de trabalho para psicólogos, médicos e terapeutas que atuam com o desenvolvimento dos pacientes com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

O maior compromisso da empresa é ampliar o repertório, as habilidades e aptidões, respeitando sempre as necessidades e individualidade de cada criança que necessita deste tratamento especial. Neste parque a Neurobrinq atua com um painel sensorial tátil, piscina de bolinhas iluminada, colunas de borbulhar que alteram de cor, parede de escalada formada por letras do alfabeto e dispositivos sensoriais que simulam vento, chuva, bolhas de sabão, cores e aromas. A inovação é um software que comanda tudo isto, ele possibilita que o terapeuta controle todos esses equipamentos de acordo com a necessidade de cada criança ou grupo. O sistema possui ainda uma funcionalidade de adicionar efeitos sensoriais em filmes, uma simples atividade de assistir um conteúdo com uma experiência envolvendo os sentidos e a emoção.

As soluções desenvolvidas pela startup podem atingir aproximadamente 150 jogos e brincadeiras que pretendem proporcionar o desenvolvimento de funções básicas comprometidas em crianças atípicas. As atividades disponíveis no parque têm como objetivo a estimulação sensorial, motora e cognitiva, intensificando os estímulos. Cada profissional pode criar a sua própria biblioteca de jogos e filmes interativos, de forma a permitir um portfólio infinito de programas de estimulação.

Outra grande novidade e que reforça o crescimento da startup é a inauguração de um parque em uma clínica de Mossoró, no Rio Grande do Norte. O novo parque que entrará em operação possui inauguração prevista para o mês de dezembro.

Além desses locais a startup também opera um parque na Grande São Paulo, na Escola Janela para o Talento – este, o precursor de todo o projeto e do desenvolvimento da ideia, além de um parque de demonstrações e de testes de novas tecnologias em Santa Rita do Sapucaí- MG, na sede da incubadora de empresas do Instituto Nacional de Telecomunicações- Inatel.

Crescimento e desenvolvimento
Pensando no crescimento da startup e na busca por novos mercados a Neurobrinq também está em fase de abertura de uma filial nos Estados Unidos, além da busca pelo registro da patente do parque sensorial no país.

“Buscar novos mercados é uma das metas da Neurobrinq e o mercado norte-americano se mostra receptivo às inovações ligadas à Saúde e a Educação. O que nos enche de orgulho é poder dizer que nosso produto é 100% brasileiro e desenvolvido por profissionais de altíssima capacidade, não estamos atrás em tecnologia ou capacidade intelectual em relação a países do primeiro mudo”, comentou o CEO da Neurobrinq, Gregston Marques.

Para a incubadora de empresas do Inatel, a realização das primeiras vendas é uma fase muito importante para a startup. “É neste momento que o produto ou a solução está sendo validada e aceita no mercado. Nesta fase ocorre de fato a inovação, pois ocorre a geração de negócios que traduz em conquistas de clientes, faturamento, produção, geração de empregos e o desenvolvimento empresarial”, comentou a gestora da incubadora de empresas do Inatel, Tânia Rosas.

A gestora enfatiza que a venda e instalação dessas duas unidades iniciais comprova o valor da proposta para o mercado e a competência técnica para a execução da ideia inicial. “Pelo fato dos primeiros clientes serem clínicas especializadas proporciona para a Neurobrinq a credibilidade na comunidade de educação especializada em TEA”, disse.

Na incubadora de empresas do Inatel há pouco mais de um ano a gestora avaliou o desenvolvimento da startup neste período de incubação. “A Neurobrinq está preparada para alcançar mais oportunidades de negócios, pois a partir dessas primeiras vendas inicia agora um novo planejamento da próxima etapa que é a escala e tração bem como o desenvolvimento de novos produtos e de soluções tecnológicas. Nesse primeiro ano de incubação a startup trabalhou no desenvolvimento e lançamento do primeiro parque sensorial, na estruturação empresarial da empresa nas áreas de vendas, P&D e produção bem como no desenvolvimento de novos produtos com apoio de pesquisa científica”, completou. 

Inatel parque sensorial Neurobrink novembro2018 35

Sobre a startup
A Neurobrinq produz inovações tecnológicas voltadas para a estimulação sensorial, cognitiva e motora de crianças na primeira infância. A startup integra soluções, aplicativos e dispositivos com base em IoT (Internet das Coisas) além de possuir visão para gerar ferramentas para ajudar, clínicas e profissionais da educação e saúde.

A startup nasceu de uma escola de educação infantil que atua com inclusão de crianças, e que há 14 anos trabalha com a estimulação cognitiva, sensorial e motora. A equipe é formada por profissionais da área da Engenharia de controle e automação, Telecomunicações, Computação e Neurociência aplicada à educação e saúde.

Entre as ações da Neurobrinq, que merece destaque, é a participação no programa Crowd Vale da Eletrônica-edição de 2017, que conta com a parceria entre Inatel, Telefônica Open Future e Ericsson.

Parques sensoriais da Neurobrinq
Fortaleza- CE - Clínica Neuropsicocentro
Mossoró- RN – Inauguração em dezembro de 2018
São Paulo – SP – Escola Janela para o Talento - região da Granja Viana
Santa Rita do Sapucaí – MG (parque demonstrativo para novos negócios e teste de novas tecnologias).

foto npc

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200

Política de Privacidade